quinta-feira, 14 de abril de 2016

VERGONHA DE TE AMAR


Você me decepcionou tanto e o pior é que eu acreditei em você. Acreditei até o último segundo possível. Se meu rosto fosse feito de vidro, ele se partiria em milhares de pedacinhos. Mas, como não é, eu coloco uma máscara e finjo que está tudo bem. Antigamente, eu amava admirar cada detalhe do teu belo rosto, hoje fujo do teu olhar, pois tenho vergonha de te amar. Preciso me afastar, me recuperar, me reconstruir longe de ti. Tuas falas, teu rosto e teu sorriso ainda invadem o meu pensamento sem o meu consentimento. Você é tão lindo, mas age como se não fosse. Quando você crescer e amadurecer, eu estarei aqui para você. Enquanto isso vou aprender a me amar e a me colocar em primeiro lugar. Eu mereço mais o meu amor do que você mesmo.

EDUARDA MESQUITA
dudaa_mesquita@hotmail.com

(Para conferir mais acesse http://www.opovo.com.br/jornaldoleitor/correspondentes/)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...